Armazenagem de produtos químicos de limpeza de piscina: 4 cuidados necessários

Manter a piscina sempre limpa é fundamental para garantir não só a higiene do local, mas também a saúde de familiares e amigos durante a diversão.

Por isso, existem variadas opções de itens apropriados a essa limpeza e você deve usá-los a seu favor e de maneira correta.

Contudo, a armazenagem de produtos químicos necessita de cuidados específicos para que não percam a eficiência ou causem mal-estar a quem estiver na água.

Neste post, explicaremos a você como e onde guardar os produtos.

Veja 4 cuidados essenciais para Armazenagem de Produtos Químicos:

1. Seguir as instruções da embalagem

A primeira coisa a ser feita ao adquirir um produto químico é ler por inteiro todas as suas instruções.

Essas orientações, que são facilmente encontradas na própria embalagem ou em algum manual vinculado ao material, auxilia no conhecimento geral e já é a introdução do que deve ou não ser feito.

2. Armazenar os itens em um local seguro

Muitas pessoas decidem guardar os itens de limpeza da água junto ao motor da piscina, o que não é correto.

O cloro, por exemplo, um dos principais produtos para manter a piscina livre de bactérias, deve ser armazenado em local seco, longe de luz solar e fora do alcance de crianças e/ou animais.

Então, lugares úmidos, como o espaço onde fica a parte mecânica do equipamento, não devem abrigar materiais químicos.

Além disso, eles também não podem ficar próximos a máquinas de cortar grama, disjuntores, gasolina, carvão e similares que causam combustão ou que podem soltar faíscas.

3. Deixar cada produto em seu devido lugar

Armazene produtos similares separando-os por categorias, mesmo que todos tenham a mesma função geral de limpar a piscina.

Desse modo, não haverá chances de você confundir os itens e fazer combinações químicas erradas ou exagerar na medida.

Outra dica é guardar esses materiais de limpeza em local visível, por duas razões:

  1. se você deixá-los no chão, além de correr o risco de molhá-los, eles ficarão muito acessíveis a crianças e isso colocará a saúde delas em risco;
  2. mas, se eles forem guardados em uma altura muito elevada, em que até um adulto tenha dificuldade para apanhá-los, as chances de caírem sobre alguém são maiores.

Essas são duas medidas simples que fazem grande diferença, ainda mais para quem manuseia constantemente esses produtos.

Outro cuidado importante é não trocar o produto de embalagem, porque isso pode causar contaminação e reação química.

O ideal é manter a embalagem original e não remover o rótulo, assim, em caso de dúvidas, você terá todas as informações e contatos necessários.

4. Não arriscar sua segurança

A armazenagem de produtos químicos precisa ser feita de maneira correta para garantir a segurança e bem-estar não só das pessoas que estarão dentro da piscina, mas também das que entram em contato com eles para fazer a higienização do equipamento.

Portanto, veja outras dicas essenciais para o bom uso desses materiais:

  • jamais guarde-os embaixo da churrasqueira. A temperatura média desses produtos químicos não deve ultrapassar 35 ºC;
  • não troque os produtos de suas embalagens originais;
  • mantenha o local de estocar esses materiais sempre limpo e seco;
  • restrinja o acesso de crianças e animais ao espaço onde os produtos químicos estão guardados;
  • caso ocorra ingestão, entre em contato com o Centro de Assistência Toxicológica (Ceatox) imediatamente pelo telefone 08000 148 110.

Ao fazer a armazenagem de produtos químicos de limpeza de piscina conforme as instruções do fabricante e os cuidados que listamos aqui, você estará protegendo toda sua família e convidados.

Gostou do post? Conte-nos suas sugestões, experiências e opiniões nos comentários!

Adicione seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *