Descubra os benefícios da natação para bebês

A partir dos seis meses de idade, as crianças têm o corpo bem desenvolvido e pronto para atividades físicas. Além disso, já tomaram a maioria das vacinas. Portanto, é o momento certo para o início de práticas recreativas. E uma ótima opção é a natação para bebês!

Essa atividade exige uma série de cuidados, mas tem muitos benefícios. É ideal para a evolução geral do pequeno e ajuda na relação entre pais e filhos. Quer saber quais são as vantagens incríveis que esse exercício traz? Então, confira o nosso post de hoje!

Como funcionam as aulas?

O principal objetivo é o divertimento. As aulas são comandadas por um professor especializado, que acompanha o grupo de crianças com seus pais.

A entrada na água é feita de maneira calma, no ritmo correto para o bebê, cada um no colo do seu responsável. Após isso, o professor orienta os pais a mergulharem suavemente o corpo dos pequenos. Depois, que soltem os filhos e se afastem alguns passos, para que eles nadem sozinhos de volta. Caso a criança não consiga logo de início, não há problema. Cada uma tem seu tempo.

Objetos também são utilizados para que o bebê experimente diversas experiências e se divirta: bolas, pranchas, boias, escorregas, etc.

As primeiras aulas duram entre 10 e 15 minutos. Com algum tempo, passam para 30. A curta duração se deve ao sistema de regulação da temperatura da criança, que ainda não está bem desenvolvido, e também pela pouca capacidade de atenção nos primeiros anos de vida.

Quais são os benefícios da natação para bebês?

  • Relaxamento: o ambiente é ótimo para a criança e lembra os tempos dentro barriga da mãe. Os exercícios na água em temperatura agradável relaxam, aumentam o apetite e fazem com que o pequeno durma melhor.
  • Coordenação motora: a natação aumenta a força e a noção geral do neném. Equilíbrio, conhecimento de espaço e habilidades do corpo: tudo isso será ainda mais desenvolvido.
  • Sistema cardio-respiratório: a resistência aumenta, já que essa atividade física amplia a capacidade de respiração e regula a circulação sanguínea.
  • Vínculo afetivo com os pais: estar ao lado do filho desde cedo é fundamental para a relação de amor. Na natação, o bebê dá diversos passos pela primeira vez e perde muitos medos. A presença familiar nesses momentos é importante para a criança se sentir incluída!

E os cuidados necessários?

  • Conferir as condições da água é fundamental. Ela precisa estar com a temperatura em torno de 35 ºC e ter entre 0,5 e 0,6% de cloro.
  • É recomendado que os bebês usem fraldas especiais. Elas não incham ou vazam dentro da piscina e facilitam todos os movimentos.
  • Os pequenos não podem ser alimentados na última hora antes da aula. Também não devem entrar na água com doenças ou resfriados.
  • Protetores auriculares são recomendados para evitar problemas nos ouvidos, mas incomodam a maioria dos nenéns. O uso pede cuidado!
  • Os pais devem fazer brincadeiras com os filhos durante o banho para ajudá-los na adaptação. É muito comum as crianças sentirem um pouco de receio no início.

Antes de qualquer coisa, vá ao pediatra para que ele avalie possíveis problemas de pele ou respiratórios, pois a atividade física pode agravá-los. Após isso, é só curtir momentos prazerosos com seu pequeno!

O post foi útil para você? Quer dividir essas informações sobre natação para bebês com outros pais? Então, compartilhe nas suas redes sociais!

Fale com a hth ®

Além de pioneira, a hth ® é líder absoluta no Brasil e no mundo, em produtos para tratamento de água de piscina. Com produtos inovadores, oferece as melhores soluções para os consumidores.

Adicione seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *