Saiba como limpar uma piscina em 3 passos – APP hth®

Como limpar uma piscina? Quem nunca precisou executar essa tarefa também não deve ter se percebido os detalhes que essa manutenção exige. Esse assunto merece atenção e cuidados especiais, por isso, deve ser tratado com seriedade.

Se a água não estiver corretamente limpa, ela poderá ser, em vez de fonte de lazer, uma fonte de transmissão de doenças. Existem alguns processos e produtos recomendados para se fazer uma higienização completa e adequada da água. Vamos falar deles neste texto.

Para começar, ressaltamos que é importante utilizar algumas ferramentas necessárias — peneira, escova, aspirador — que ajudarão a limpar as paredes e aspirar o fundo da piscina, removendo os resíduos. Depois disso, será hora de iniciar o processo químico de purificação da água, que descreveremos abaixo.

Estas ações, se seguidas corretamente, proporcionarão o saneamento completo da água, deixando-a pronta para o uso a qualquer hora. Confira:

Passo 1: Avaliar a situação atual da água

A água da sua piscina é permanente e, por isso, precisa de cuidados especiais para estar sempre em condições de uso.

Para isso você precisará avaliar alguns índices como alcalinidade, pH, Cloro Livre e Ácido Cianúrico, utilizando hth® Fita Teste. Com base em padrões pré-estabelecidos, você terá um cenário ideal do que precisará fazer e corrigir se necessário. E saberá quais são os produtos e ferramentas mais indicados para realização da manutenção.

Avaliando a alcalinidade

A faixa ideal da alcalinidade deve estar entre 80 a 120 ppm e quando fora dessa faixa pode provocar desequilíbrio do pH. Dependendo da situação, se precisar corrigir, utilize o hth® Elevador de Alcalinidade ou o hth® Redutor de Alcalinidade e pH.

Avaliando o pH da água

Para um pH equilibrado é necessário que a faixa esteja entre 7,0 a 7,4. Se estiver abaixo ou acima desse índice, o pH diminui o desempenho dos produtos e faz com que olhos e pele fiquem irritados. Para corrigir e adequar o pH, use o hth® Elevador de pH ou o hth® Redutor de Alcalinidade e pH, conforme as quantidades indicadas no rótulo.

Avaliando o Cloro Livre

Se o índice residual de cloro livre estiver fora dos padrões, a água fica inadequada para uso. Verifique se a faixa corresponde ao padrão 1 a 3ppm. Caso contrário, será necessário corrigir como no passo seguinte, que é o da purificação.

Avaliando o nível de Ácido Cianúrico

Se o ácido Cianúrico está muito alto ele, automaticamente, interfere na ação do cloro livre e compromete toda a qualidade da água. O ideal é que ele chegue até no máximo 50 ppm. Por isso, no processo de purificação (passo 2), esse fator também precisará ser avaliado.

Se o Ácido Cianúrico ultrapassar os 50 ppm será necessário interromper o tratamento com pastilhas e ou cloro estabilizado, para só então iniciar o processo com o cloro tradicional.

Após a avaliação desses índices, separe os materiais e produtos necessários para começar o segundo passo, da purificação.

Passo 2: Purificando a água

A não purificação da água causa o acumulo de resíduos, bactérias, fungos e algas que, além de prejudicar a saúde, danificam a piscina causando manchas, descoloração e até mesmo danos aos equipamentos.

Na etapa de purificação da água, devemos ajustar a alcalinidade e o pH.

Existem vários purificadores e você deve escolher de acordo com o perfil da piscina e a sua necessidade. Alguns exemplos são:

Passo 3: Proteger a água e todos aqueles que a utilizam

Não basta limpar a piscina, é preciso mantê-la sempre pronta para utilização evitando fatores que podem prejudicar a saúde de quem a utiliza. Protetor solar, bronzeadores, folhas e resíduos diversos podem se acumular nas bordas e no fundo, comprometendo a qualidade da água e a saúde de quem a utiliza.

Por isso, neste passo é recomendado utilizar alguns produtos que vão ajudar a manter sua piscina sempre limpa. O hth® Elimina Oleosidade remove resíduos de cosméticos e protetores solar, eliminando a oleosidade da água. Outros produtos são recomendados para a aplicação alternada, como o hth® Reduz Aspiração, que aumenta a retenção de partículas no filtro, e hth® Previne Água Verde, que previne o aparecimento de algas.

Há também os produtos específicos, que ajudam a limpar as bordas quando a sujeira começa a ficar impregnada.

Mais algumas dicas de como limpar sua piscina

As algas, que causam o efeito “água verde” não param de entrar na água, pois são trazidas pelo vento ou são empurradas da borda para dentro da água.  Por isso é importante manter a piscina devidamente vedada quando esta for ficar inutilizada por algum tempo e manter o processo de manutenção e sanitização da piscina.

O entorno da piscina e a área ao redor do espaço de lazer devem estar sempre limpos. Caso contrário, a higienização da água poderá ser comprometida em pouco tempo, já que resíduos são facilmente transportados pelo ar, ou até mesmo por pessoas e animais que andam por ali.

É importante sempre verificar se os equipamentos, como o filtro, estão funcionando corretamente e realizar a limpeza regularmente, conforme indicado pelo fabricante.

Quando o assunto é cuidar da saúde das pessoas, é melhor levar a qualidade dos produtos a sério. A hth® dedica tempo e investe em pesquisas para trazer produtos de forma legal, responsável e profissional.

Agora que você aprendeu como limpar sua piscina em apenas três passos, é importante seguir cada um deles com atenção e cuidado. Esperamos que as dicas descritas aqui tenham sido úteis e possam te ajudar. Para receber mais dicas sugerimos que acompanhe a hth® Brasil no Facebook, Instagram e YouTube.

Vida combina com piscina!

Facebook hth®: https://www.facebook.com/HTHBrasil
Instagram hth®: https://www.instagram.com/hthbrasil/

Comments
Adicione seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *